“Quando a gente nega a política, o que vem é o Fascismo”, diz Lula

Em evento realizado na última terça-feira (5) pela Confederação Nacional dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, o ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, falou para uma plateia com cerca de 70 pessoas. Entre os presentes estavam trabalhadores, dirigentes e representantes sindicais ligados à Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT – SP.

Durante sua argumentação, Lula expôs o seu ponto de vista em relação aos últimos acontecimento envolvendo a política do país. Para ele, por trás do impeachment de Dilma Rousseff, existe um grande jogo político acobertado pela grande mídia. “Há uma trabalho massificador dos meios de comunicação para que não acreditemos na política”, disse.

Lula também alertou sobre a consequência causada pela despolitização em um país democrático. “”Quando a gente nega a política, o que vem é o Fascismo. Hitler e Mussolini surgiram da negação política”, declarou.

Veja um trecho da análise de Lula:

 

Foto de abertura: Ricardo Stuckert/Instituto Lula